QUEM SUPERVISIONA A JUSTIÇA PORTUGUESA DE FORMA IMPARCIAL E ISENTA ???

QUEM SUPERVISIONA A JUSTIÇA PORTUGUESA DE FORMA IMPARCIAL E ISENTA ???

No estrito respeito pela Constituição da República Portuguesa , tribunais , seus administradores de justiça, agentes de
polícia, somos e vamos ser um agente isento e livre denunciando a actuação de magistrados e agentes de polícia que , no exercício da sua actividade não são isentos de influência política e social no âmbito das suas obrigações de uma correcta condução dos inquéritos e diligências processuais necessárias no exercício da administração da justiça, dever jurado por juízes , procuradores do ministério público, advogados, funcionários dos tribunais judiciais e agentes de polícia.

JURARAM SERVIR A VERDADE DA LEI !

É notário e evidente que hoje mais do que no tempo do Salazarismo à fuga de informação das secções de investigação criminal e dos tribunais. Processos em estado de segredo de justiça surgem nas primeiras páginas da imprensa portuguesa e são abertura de noticiários ….Na maior violação da dignidade do cidadão e do seu direito de defesa .
Há hoje uma classe de comunicadores alinhados ao poder judicial que sucessivamente promovem em Portugal a violação do segredo de justiça e , sistematicamente promovem o alarme público para em sede do primeiro inquérito do cidadão suspeitos o ministério público e o juiz de instrução criminal tenham o fundamento de pedir e sustentar a medida de coacção mais gravosa do código penal e do processo penal , a PRISÃO PREVENTIVA do suspeito , antecipadamente condenado por alguns comunicadores sociais .

INFORMAR NÃO É SEQUESTRAR O DIREITO DE DEFESA DO CIDADÃO SUSPEITO!

Todos aqueles que têm responsabilidade de exercer a boa e correcta administração da justiça cedem às pressões da comunicação social para sem isenção condenar , sentenciar e prender .

Qual é o cidadão ou o advogado que tem o ” dom ” de contrariar noticias falsas e especulativas que em praça pública condenam o cidadão antes de este ser sujeito a o julgamento isento e imparcial ?! Quem ?!

Há juízes corruptos ? Há procuradores do ministério público corruptos ? Há advogados corruptos? Há agentes de polícia corruptos ?

Opinião pública e popular em Portugal afirma que supostamente SIM há corrupção na justiça.

Os Estabelecimentos Prisionais supostamente têm em cumprimento de pena cidadãos que foram alvo de julgamentos sem imparcialidade e que viram os seus processos serem alvo sucessivo da violação do segredo de justiça .

Advogados que em vão viram recusadas diligências requeridas a favor dos seus constituintes em sede de inquérito , instrução e juízo serem objecto de recusa pelos tribunais resultando no prejuízo da defesa do acusado.

Diligências de prova recusadas e indivíduos condenados pelo princípio da livre convicção dos magistrados a semelhança tribunais da inquisição.

INTERCEPT PORTUGAL VAI DENUNCIAR!

O leitor do Intercept Portugal vai participar na denúncia ao partilhar nas redes sociais toda a informação editada na plataforma digital INTERCEPT PORTUGAL.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: